Conecte-se conosco

Geral

Rapaz se arrisca e compra celular roubado pra devolver à dona no Rio

Marlon Oliveira

Publicado

em

Um rapaz do Rio de Janeiro foi surpreendido na rua por um homem em uma moto oferecendo um celular por R$ 150. O aparelho é avaliado em R$ 3.500.

Felipe Silva logo percebeu que se tratava de produto de furto ou roubo e disse que não queria, mas refletiu rapidamente e decidiu comprar o celular para devolver para a dona.

Com o aparelho em mãos, ele se arriscou porque se fosse pego pela polícia com o celular  poderia ter sido indiciado por crime de receptação (veja abaixo). Mas, sem intenção de ficar com o aparelho, ele voltou para casa e começou a procurar pela proprietária nas redes sociais. Felipe tirou uma foto do aparelho e escreveu no Twitter:

“Coe rapaziada, chegou um maluco oferecendo esse iPhone roubado, comprei esse celular dele e tô postando aqui pra ver se eu acho a dona dele, dá um RT aí pra ajudar a chegar até ela, tmj

O post teve 88 mil curtidas, 23 mil compartilhamentos/comentários e Felipe conseguiu chegar até a dona.

A história

Felipe contou que estava com um amigo na rua, no último fim de semana, quando apareceu o suspeito.

“O homem passou olhando em uma moto e depois voltou oferecendo o celular. A gente recusou, mas depois pensamos em comprar para devolver”, disse Felipe em entrevista à Record TV Rio.

Ele levou o aparelho para casa e começou a procurar pistas da dona.

“Primeiro, peguei o chip dela e tentei ligar para alguém, mas não tinha nenhum contato salvo. Em seguida postei no Twitter e consegui encontra-la”.

A devolução

Depois da conversa pela rede social, eles marcaram um encontro e Felipe conseguiu devolver o aparelho à dona em Jacarepaguá, na zona oeste do Rio de Janeiro.

A proprietária do celular agradeceu ao Felipe e tentou recompensar o valor que o jovem pagou pelo aparelho.

Felipe não aceitou o dinheiro.

Se arriscou

Só lembrando que o Felipe, apesar de toda boa-fé e honestidade, correu risco. Caso fosse pego pela polícia andando com o aparelho roubado, ele poderia ter sido indiciado em crime de “receptação”, como diz o Código Penal:

“Art. 180. Adquirir, receber, transportar, conduzir ou ocultar, em proveito próprio ou alheio, coisa que sabe ser produto de crime, ou influir para que terceiro, de boa-fé, a adquira, receba ou oculte: Pena – De um a quatro anos de reclusão e, multa.”

Por sorte, ele conseguiu achar logo a dona e devolver o aparelho.

 

Clique para comentar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Mais Lidas