Conecte-se conosco

Polícia

Motorista de transporte escolar é preso acusado de estuprar menina durante dois anos

Marlon Oliveira

Publicado

em

Um motorista de 40 anos foi preso suspeito de estuprar uma menina enquanto levava ela para a escola, em Rio do Pires, no sudoeste da Bahia. Conforme Márcio Andrei Tito Oliveira, delegado responsável pelo caso, o crime vinha sendo cometido por dois anos e só foi descoberto depois que a criança contou para a avó.

Ainda de acordo com o delegado, a menina tem 11 anos atualmente, mas o crime ocorria desde os nove anos. O homem, preso na terça-feira (22), aproveitava uma parte do trajeto em que fica a sós com a vítima para cometer os abusos.

“Ela já vinha sendo abusada. Mas, por esses dois anos, ficou acuada, sem contar para ninguém. Ela sempre ia com irmão para a escola, mas, em um determinado trecho do trajeto, ficava sozinha com o homem. Era nesse momento que ele aproveitava para abusar dela”, contou.

O delegado não informou desde quando a delegacia vinha acompanhado o caso. Apesar disso, detalhou que a menina estava com o emocional abalado nos últimos tempos.

“A família vinha desconfiando do comportamento dela. Ela chorava sempre. Os professores estavam percebendo. Até que ela contou a avó. Com o emocional abalado, ela relevou”, afirmou o delegado.

A criança foi encaminhada para realizar exames de corpo de delito. Não há previsão para a divulgação dos resultados.

O homem foi preso após se apresentar à delegacia, acompanhado do advogado. Nesta quinta-feira (24), ele continuava na Delegacia de Rio do Pires. Ele deve passar por audiência de custódia nos próximos dias.

Clique para comentar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Mais Lidas