Conecte-se conosco

Economia

IBGE: Produção industrial baiana registra maior queda desde 2002; setor automotivo foi mais prejudicado

Marlon Oliveira

Publicado

em

A Pesquisa Industrial Mensal – Produção Física (PIM-PF) Regional, divulgada nesta terça-feira (9), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatistica (IBGE), revelou que a produção industrial baiana teve quedas históricas no mês de abril. A redução se refere tanto em relação a mês anterior (-24,7%) quanto na comparação com abril de 2019 (-26,5%).

Os resultados refletem os efeitos do isolamento social para controle da pandemias de Covid-19, com a paralisação ou redução expressiva das atividades em várias unidades produtivas. São os maiores recuos da indústria na Bahia desde 2002, quando se iniciou a nova série histórica PIM-PF.

Setor automobilístico

O setor automobilístico foi o mais prejudicado com a queda da produção industrial na Bahia. O recuo foi de -97,2%, puxando para baixo os índices da indústria.

A queda na produção de automóveis foi decisiva também para o recuo na fabricação de produtos de borracha e material plástico (-67,6%), que teve a terceira maior retração e o segundo principal impacto negativo na indústria da Bahia, em abril.

O tombo na indústria de automóveis no estado foi o segundo maior da série histórica, acima apenas do verificado em dezembro de 2008, quando a atividade teve sua produção zerada (-100,0%) frente ao mesmo mês do ano anterior.

Apenas três setores industriais registraram alta: derivados de petróleo, celulose e alimentos. Porém, o crescimento destes teve ritmo reduzido.

Clique para comentar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Mais Lidas